TEMPO, TEMPO

[contact-form-7 404 "Not Found"]

TEMPO, TEMPO


19 de março de 2019
Tags:

As águas de março agora vêm em janeiro
e julho já não é o das mangas compridas.

Florescem os ipês de Maringá em fevereiro.
Continuam verdes as sibipirunas e alecrins.
É a primavera temporã, roxa e amarela.
E o tempo de Eclesiastes mantém o sentido.
— para cada coisa e para cada gente —

A infelicidade é o desconforto com os tempos:
O tempo da natureza e o tempo que se vive.

Ligustros não invejam o amarelo dos ipês,
ipês não crescem quanto as grevíleas.
E morrem todas as árvores,
todas no seu tempo…

…e abril continua vindo depois de março.

Deixe um comentário