Talismãs

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Talismãs


22 de março de 2019

Você está certa!
Foi divertido me acostumar com os seus trejeitos
e seus valiosos talismãs guardados na bolsa:
Uma moeda japonesa com um quadrado vazado,
uma medalha da Capela da Medalha Milagrosa e
aquela pedra verde que você chamava de Magnesita.

Você ainda chora em comerciais de TV?
Com cebola cortada?
Com poemas medíocres sobre a vida?
Pela rotunda ignorância do homem?
Por um presente inesperado?

Você continua a mesma!
Por isso mesmo é que rimos muito
enquanto relembramos tanta tolice,
insufladas por duas garrafas de Pinot.
E ainda deu tempo de decifrar a vida
de dois homens que andavam pela calçada oposta
de nosso restaurante italiano predileto.

Já é quase uma da manhã!
O tempo voou; nem vimos.
Parece que estamos conversando há anos,
sem hiato nenhum, e isso é relevante.
Percebi que você notou que, agora,
eu uso uma fita do Nosso Senhor do Bonfim
amarrada com três nós no pulso esquerdo;
e, por isso, eu vou embora feliz.

Deixe um comentário