Quando o mar recuou mostrando mais a praia

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Quando o mar recuou mostrando mais a praia


22 de março de 2019

Quando o mar recuou mostrando mais a praia,
O poente acusava-se por trás da Serra do Mar
Na simplicidade pontual que o cotidiano
Daquela costa voltada para o oriente oferece.

Despedimo-nos nesse entardecer
Com a minha certeza de que se eu morresse
Dali a cinco minutos ou se toda a escuridão
Chovesse do céu e lavasse a luz da minha retina,

Ainda assim, teria valido todos os encontros,
E todos os poentes, e toda a espera pelas marés,
E toda a dor que mora nas despedidas.

Agora que o vazio está quieto, entendo que
As roupas nos varais namoram mesmo é o vento e
Que não há volta das profundezas da saudade.

Deixe um comentário