Nós nos sentamos à beira do lago

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Nós nos sentamos à beira do lago


22 de março de 2019

Nós nos sentamos à beira do lago
Numa manhã de outono.
Tínhamos os cenhos enrugados
Pelo brilho dos raios do sol.
“Está tão lindo quanto eu imaginava”.
Só ouvi, sem consentimento.
“Prevejo que será uma longa jornada desde este abril”.
Continuou, serenamente.
Enquanto o cheiro da água marrom barrenta
Inundava minhas narinas,
Olhei para o lado, desviando meu olhar
E combinei:
“Quando a primavera bater, de novo,
À nossa porta,
Você a receberá, em pé,
Com gratidão e sem remorsos
Até o completo esquecimento.
O final perfeito é a paz.
Meus braços estão abertos para você,
Vida e morte”.

Deixe um comentário