Fecharam a entrada da mata que havia perto de casa

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Fecharam a entrada da mata que havia perto de casa


22 de março de 2019

Fecharam a entrada da mata que havia perto de casa.
Faz tanto tempo que eu nem conto mais quanto.
— Cuida: o passado controla o presente e o futuro —
Mesmo assim, eu me lembro ainda:
Lembro da clareira, logo depois do muro,
onde moravam quatro pés de figo
e um pé de mexerica cheirosa.
Era até onde minha vista podia alcançar.

Eu tinha medo de entrar naquela mata.
Sozinho, no isolamento do céu,
entrar na mata era um desejo incomum
que provocava febre em meu espírito.
Imaginava que, por trás do véu,
havia a redenção e a resposta.
Nenhuma mão, porém, para me guardar
ou para limpar o pó da minha alma.

Desperto-me.
As manhãs vêm com a consciência
e tudo se retoma, de novo:
A mata e sua entrada e secreta essência,
o medo e o desejo das frutas ainda verdes.
No entanto, os vermes, o medo, a febre,
as memórias e a solidão,
ainda, são só meus.

Deixe um comentário