A fotografia na caixa de lembranças

[contact-form-7 404 "Not Found"]

A fotografia na caixa de lembranças


22 de março de 2019

Para Tânia e Aníbal

As lembranças me caem com o peso dos dias.
Descubro que é difícil
distinguir entre
o que você quer que aconteça
e o que provavelmente
vai acontecer.

Naquela foto
eu olhava para o mar e só via
a tua face
contemplando o horizonte…

Tu sabias que estaríamos aqui?
Depois de tantos anos?

Ali, eu queria que acontecesse;
o futuro estava longe e
eu não poderia correr sem ti,
mas podia sentir o cheiro do sal.

Hoje, eu não desejo ter de volta
quem eu era naquela foto.
Desejo só o que eu já desejava.
Intensamente.

Desperto deste enlevo,
agarro a tua mão e
nos vestimos — tu e eu — do presente.
Enquanto o horizonte, para nós
que caminhamos em sua direção,
se estreita no infinito.

Deixe um comentário