A duração

[contact-form-7 404 "Not Found"]

A duração


20 de março de 2019

Não faças versos sobre acontecimentos.
Não há criação nem morte perante a poesia.
Carlos Drummond de Andrade

e chovia copiosamente. se bem que copiosamente remete a chorar. molhavam-se roupas e sapatos e ruas e carros. um cachorro – desses de borracheiro – nem se importava com o clima, sentou-se sobre as patas traseiras como que esperando tempos melhores. uma mulher de saia branca recuou ao sair da padaria. a vida passava, não como um roteiro dos cinco minutos iniciais de qualquer filme: ninguém morreu; a faca embotada não cortou nenhum pescoço; nenhuma ambulância voou com a sirene obsedada em avisar a urgência; ninguém, tampouco, nasceu. e é estranho este paradoxo de que tudo acontece simultaneamente, num niilismo absurdo.

Deixe um comentário